Um dos grandes assuntos do Super Bowl foi a entrevista coletiva de Cam Newton após a derrota do Carolina Panthers para o Denver Broncos. O quarterback, visivelmente chateado com o resultado da partida, teve uma postura totalmente quieta e pra baixo perante aos jornalistas. Nem mesmo esperou terminar o momento com a imprensa e saiu abruptamente. Essa atitude foi criticada por muitos, e serviu de gancho para o New York Yankees.

VEJA TAMBÉM: Mattingly bane uso de barba nos Marlins e começa trajetória com o pé esquerdo

Em preparação para a pré-temporada, o time nova-iorquino já tem começado os treinos físicos e vem trabalhando muito na parte mental. Como uma espécie de guia para os atletas, eles organizaram uma sessão para orientar os seus jogadores para os jornalistas. O staff da equipe mostrou que o comportamento a ser evitado precisa ser o de Cam Newton, e o modelo ideal é Russell Wilson, que assumiu a culpa após a derrota do Super Bowl 49 e tirou o peso dos companheiros.

O que Newton fez no Super Bowl foi uma demonstração de tristeza e ele não ligou para o opinião alheia na hora de demonstrar sua personalidade. Irritado, não fez questão de ser “político.” Só que essa repercussão acabou sendo grande demais, e querendo ou não virou uma distração nos dias seguidas após a derrota. Algo que os Yankees sempre tentam evitar.

Um time que não usa o nome do jogador nas costas e que é severo quanto a política de proibir o uso da barba, um dos grandes princípios da franquia é nunca se tornar uma distração. Seja demonstrando a sua personalidade, declarações polêmicas ou visual muito chamativo. Tanto é que tentaram quebrar o contrato de Alex Rodriguez no passado recente, quando ele confessou o uso de substâncias proibidas.

Outro ponto relevante nessa história toda é que os Yankees jogam no mercado mais fervescente dos esportes americanos. Nenhum imprensa é tão dura quanto a de New York. Se Newton jogasse em um time de lá, por exemplo, a repercussão teria sido bem maior e ainda mais negativa para o seu lado. A distração acontece em proporções muito maiores do que em qualquer outro lugar.

O jeito dos Yankees é esse, há muita tradição e conservadorismo. Se é algo que está certo ou não, isso cabe da opinião pessoal para colocar isso. Para eles parece algo bom e o sucesso dentro de campo ao longo da história é um exemplo disso.


  • Paulo Roberto Ramos de Andrade

    Só é curioso ver um time que se importa tanto com a imagem do próprio time… ter tantos jogadores individualmente lembrados (Jeter, Rodriguez, Rivera…. isso dos recentes).

    • Glaudeston Dutra

      Acredito que seja por manter esse padrão de conduta que os jogadores se destacam única e exclusivamente pelos seus atos dentro do campo. Não precisam se preocupar com vaidades de barba e cabelo por exemplo, seguem o padrão e todos na franquia tem o foco no jogo. Claro que o A-Rod é uma exceção.

  • https://www.facebook.com/nicolas.dias.39 Nicolas Dias

    Mandaram muito mal, Newton estava chateado pela derrota o que é absolutamente normal, e além disso teve a questão do atleta dos Broncos estar na cabine ao lado dando entrevista e falando sobre o Newton que estava ouvindo tudo, que foi o estopim para ele ir embora.

    • Lucas Pazzon

      E o que isto tem a ver??????
      Alguém, falou mal, você faz bico e fica com birrinha?
      Você é tão burro, só podia ser brasileiro!!!

      • https://www.facebook.com/nicolas.dias.39 Nicolas Dias

        E você é tão ignorante, tão irracional, não sabe se comportar como um adulto? Qual a necessidade de me xingar? Você não sabe simplesmente discordar com argumentos? Ou apenas se sente muito seguro e valentão por estar atrás de um computador protegido? E se você tem algum problema com brasileiro por que frequenta uma página brasileira? Leve sua ignorância e imaturidade para alguma página gringa. Melhore e cresça menino.