O braço esquerdo fez de Aroldis Chapman um dos arremessadores mais divertidos de se ver jogar. Seus lançamentos constantemente ultrapassam a marca de 100 milhas/hora, tornando o cubano um dos jogadores de bullpen mais letais da MLB. Ainda assim, ele consegue ser surpreendente.

Nesta segunda, contra o Baltimore Orioles, o reliever do New York Yankees decidiu mostrar o que ele pode fazer. Arremessou uma bola a 105,1 milhas/hora, igualando seu próprio recorde – estabelecido em 2010 – de arremesso mais rápido da história do beisebol (está até no Guinness). A bola foi tão forte que até a equipe de transmissão da TV americana ficou quieta por alguns segundos.

Minutos depois, ele quase repetiu a dose, com uma bola a 105 milhas/hora. Dessa vez, o rebatedor até conseguiu um contato com a bolinhas, mas o destino lógico do bastão era se esfacelar com o impacto. Curiosamente, uma parte do taco saltou e acabou batendo de novo na bola antes da eliminação final da vitória nova-iorquina por 2 a 1.