Tom Brady: "Ninguém tem mais vontade de vencer que eu"

THOMAS EDWARD PATRICK BRADY JR.
Posição: Quarterback do New England Patriots (camisa 12)
Nascimento: 03/08/77 em San Mateo, Califórnia
Altura e peso: 1,93 metros e 102 quilos
Universidade: University of Michigan
Colégio: Junípro Serra High Scholl, na Califórnia
Recrutado: Draft de 2000, 199ª escolha na 6ª rodada
Estreia como titular: 30/09/01, contra Indianapolis

LEIA TAMBÉM:
 Conheça Eli Manning, quarterback do New York Giants
– Veja a cobertura completa do ExtraTime para o Super Bowl

Vitória no Orange Bowl, escolha nº 199 do Draft e ódio aos 49ers

Fã do San Francisco 49ers, em especial do quarterback Joe Montana, Tom Brady se apaixonou pelo esporte indo aos jogos no Cadlestick Park. O jogador estudou na Universidade de Michigan (1996-1999) e ficou apenas na reserva nos seus dois primeiros anos de estudo, como apenas o sétimo quarterback do time principal. Sempre determinado e muito crítico consigo mesmo, Brady procurou um psicólogo para ajudá-lo a lidar com sua frustração e ansiedade.

Começou o ano de 1998 como titular e não deixou mais a posição. No seu primeiro ano como titular, Brady bateu o recorde de passes tentados e completados (214) em uma temporada. Os Wolwerines ganharam 20 dos 25 jogos sob seu comando desde o início das partidas e venceu o título da conferência Big Ten e do Citrus Bowl em 1998. Na temporada seguinte, Brady tornou-se capitão em Michigan e venceu o Orange Bowl em cima de Alabama lançando 369 jardas e quatro touchdowns na partida.

Brady jogando pela Universidade de Michigan

Ainda assim, Brady deixou a Universidade sem a confiança necessária da mídia e das fraqnuias da NFL, que o consideravam lento e com o braço fraco para fazer grandes jogadas. O jogador se inscreveu no Draft 2000 querendo ser draftado pelos 49ers, seu time de coração, mas foi escolhido apenas na 199ª colocação, no sexto round, pelo New England Patriots. Desolado, Brady sofreu demais com a sua posição no Draft e por não ter ido jogar na Califórnia. Ódio. Este é o sentimento criado dentro do camisa 12 em relação aos 49ers depois do fatídico Draft 2000.

Sai Drew Bledsow, entra Tom Brady

Em 2000, no primeiro ano de Brady em New England, os Patriots tomaram uma decisão pouco usual na NFL, ter quatro quarterbacks no seu elenco principal.  Naturalmente, Brady era o quarto. Drew Bledsoe era o titular, seguido por John Friesz e Micheal Bishop. No fim da temporada, Brady já era o segundo da lista. Apenas três arremessos tentados e um completado, seis jardas, no seu primeiro ano na NFL.

No ano seguinte, Bledsoe continuou como titular, mas na segunda partida, contra o rival New York Jets, o jogador sofreu uma hemorragia depois de um tackle do linebacker Mo Lewis. O que todos os torcedores dos Patriots consideraram o fim da temporada para o time de New England, foi o início de uma das carreiras mais vitoriosas de um quarterback na NFL.

A dinastia Brady

Em 2001 os Patriots perderam os dois primeiros jogos, mas a partir do terceiro a vida em New England começou a mudar com Brady de titular. O quarterback levou o time aos Playoffs e no seu primeiro jogo de pós-temporada lançou 312 jardas levando seu time, que perdia por 10 pontos no último quarto, a vitória na prorrogação. O time chegou ao Super Bowl para enfrentar o campeão da NFC, St. Louis Rams que era o grande favortio para vencer o Super Bowl 36.

Com o jogo empatado faltando um minuto e 21 segundos para o fim, o gênio Tom Brady apareceu. Na linha de 15 jardas da sua defesa, sem tempos para pedir, o treinador dos Patriots gostaria que o jogador deixasse o tempo correr para a partida ir para a prorrogação. Mas Brady queria mais do que isso e levou o ataque dos Patriots até a linha de 31 jardas da defesa dos Rams, faltando apenas sete segundos. New England venceu o Super Bowl com um chute de Adam Vinatieri e Brady foi nomeado o MVP com 145 jardas, um touchdown e nenhuma interceptação, tornando-se o quarterback mais jovem a vencer o Super Bowl.

Brady não se cansou de bater recordes pelos Patriots

O segundo título veio em 2003. Com catorze vitórias em dezesseis jogos da temporada regular, os Patriots chegaram como favoritos ao Super Bowl para enfrentar o Carolina Phanters, depois de eliminar o Indianapolis Colts na final da AFC, em seu primeiro confronto contra Peyton Manning em pós-temporadas. Não deu outra no Super Bowl, mais uma vez Brady foi eleito MVP pela segunda vez com 354 jardas, três touchdowns e 32 passes completos, recorde na história do Super Bowl.

Na temporada seguinte, mais uma vez  Tom Brady levou os Patriots ao Super Bowl, vencendo o Pittsburgh Steelers, melhor defesa da NFL na temporada, na final da AFC com um rating de 130.5. Derrotou o Philadelphia Eagles para levar a fraqnuia de New Englnad ao seu terceiro título da NFL em quatro anos.

Nos anos seguintes, Tom Brady levou seu time aos Playoffs em toda a temporada. Em 2007, o quarterback chegou a sua centésima vitória na NFL, tornando-se o mais jovem e que precisou de menos jogos a alcançar tal marca. Brady lançou 4.806 jardas e 50 touchdowns, recorde da NFL, na temproada regular perfeita dos Patriots que venceram os 16 jogos. New England chegou como grande favorito ao Super Bowl, mas o time perdeu para o New York Giants em um dos jogos mais emocionantes do esporte.

No primeiro jogo da temporada 2008, Brady rompeu os ligamentos do joelho esquerdo, passou por operação e perdeu todo ano. O quarterback voltou a jogar em 2009, levou o time aos Playoffs, mas perdeu no Wild Card para o Baltimore Ravens. A temporada 2010 foi uma das mais fantásticas de Brady que lançou 36 touchdowns e apenas quatro interceptações, mas o time parou na semi-final de conferência para rival New York Jets.

Para ser o melhor de todos

Tom Brady começou a temporada disposto a entrar para a história da NFL. Na sua primeira partida lançou 517 jardas e quatro touchdowns. Na segunda, 423 jardas e três touchdowns. E assim foi durante os 16 primeiros jogos em que o time venceu 13 jogos e terminou com a melhor campanha da AFC. O quarterback terminou a temporada regular com 5.235 jardas, segundo maior marca da história da NFL, atrás apenas das 5.476 de Drew Brees também desse ano. Tom Brady tornou-se o primeiro quarterback da história a lançar 36 ou mais touchdowns por três temporadas seguidas.

Nos Playoffs, os Patriots atropelaram o Denver Broncos do garoto sensação da temporada, Tim Tebow, por  45 a 10 em mais um dia inspirado de Tom Brady que lançou 363 jardas e seis passes para touchdown. Na final da Conferência, vitória por 23 a 20 contra os Ravens em jogo que ficou marcado pelo erro de Billy Cundiff no segundo final que deu a vitória aos Patriots.

Minha querida Gisele

Jogador e Top Model estão casados desde 2009

Não é incomum ver homens dizendo: “Se eu pudesse ser alguém na vida seria o Tom Brady”. Ele é simplesmente um dos jogadores mais sensacionais do principal esporte do seu país, bem apessoado, sucesso entre as mulheres e depois dos treinos e jogos ainda tem o prazer de jantar ao lado da desejada modelo brasileira, Gisele Bündchen. Namorando desde 2006, o casal juntou os pratos (roupas, sítios, mansões, beleza, popularidade e muito dinheiro) em 2009, em cerimônia discreta na praia de Santa Mônica na Califórnia. O casal tem um filho, Benjamin Rein Brady, que está com dois anos e dois meses de idade.

Recordes

Vitórias
Mais vitórias com o mesmo técnico (124, Bill Belichick)
Mais vitórias consecutivas em Playoffs: 10 (2001, 2003, 2004, 2005)
Mais vitórias consecutivas na NFL: 21 (2003-2004)
Mais temporadas terminando 8-0 em casa: 5 (2003, 2004, 2007, 2009, 2010)
Único quarterback a começar e vencer três Super Bowls com menos de 28 anos.

Touchdowns
Mais touchdowns em um temporada regular: 50 (2007)
Mais passes para touchedown em um quarto: 5 (segundo quarto contra Tennessee, 18 de outubro de 2009)
Maior diferença entre touchdowns e interceptações: +42 (2007)
Mais jogos com cinco touchdowns e nenhuma interceptação em uma tempoada: 3 (2007)

Passes completos
Maior porcentagem de passes completos em um jogo de pós-temporada: 92.9% (contra Jacksonville, em 12 de janeiro de 2008)
Mais passes completos em Super Bowls: 100
Mais jogos com 300 jardas lançadas e nenhuma interceptação na temporada: 8 (2007)

Interceptações
Maior número de passes tentados no começo da carreira sem ser interceptado: 162
Maior número de passes tentados sem ser interceptado em temporada regular: 358 (De 24 de outubro a 2010 à 12 de setembro de 2011)

 


  • Juscelino Júnior

    LIndo texto, muito mito, Eli vai perder e se ajoelhar ao rei do esporte. TOM BRADY E O HALL DA FAMA!