Dinossauro ataca o treino do Phoenix Suns (Reprodução)

Dinossauro ataca o treino do Phoenix Suns (Reprodução)

Halloween é dia de juntar os amigos e fazer aquela festa à noite, com todo mundo fantasiado. Mas, bem, se você é um time profissional, isso fica mais difícil. Noite é hora de jogar ou de descansar para os trabalhos do dia seguinte. Aí, o pessoal do Phoenix Suns e do Philadelphia Flyers resolveram curtir o Dia das Bruxas de forma diferente: dando susto nos companheiros.

LEIA TAMBÉM: Times de liga menor de hóquei usarão camisetas inspiradas em Batman e Charada

Nos Suns, a turma fez uma produção maior. Arrumaram um boneco de velociraptor para atacar os jogadores que chegavam para trabalhar. Nem o técnico Jeff Hornacek e o dono do time, Robert Sarver, escaparam. A brincadeira foi comandada pelo esloveno Goran Dragic. E talvez não tenha sido uma ideia ruim, pois a equipe do Arizona surpreendeu à noite ao vencer o San Antonio Spurs, atual campeão da liga.

Nos Flyers, a coisa foi mais simples. Colocaram uma cobra de brinquedo dentro da caixa de isotônico. Os jogadores, quando iam pegar a garrafinha durante o treino, eram “atacados” pela naja de borracha. palavrões de susto rolaram soltos, mas a momentânea distração não teria consequências maiores para o time, que não tinha jogo marcado para esta sexta.