NFL monta primeira rodada para começar temporada com o pé na porta

O futebol americano é o maior esporte dos Estados Unidos. O beisebol pode ser mais antigo e ter raízes mais profundas na cultura local, o basquete tem projeção internacional maior, mas o futebol de bola oval reina. Tem mais público, mais dinheiro, mais repercussão e usa todas as ferramentas possíveis para reforçar isso. E uma delas pudemos ver na noite desta quinta, com a divulgação da tabela da temporada 2016/17 da NFL.

O anúncio foi ofuscado pela noite anterior na NBA, com a despedida de Kobe Bryant e o Golden State Warriors batendo o recorde de vitórias em uma temporada regular. Mas a NFL também foi uma protagonista, sobretudo porque soube transformar algo trivial (o anúncio da tabela) em um evento. Primeiro, por reforçar a ideia de que muita gente começará a planejar suas atividades no segundo semestre de acordo com os compromissos de seu time. Segundo, e principal, porque eles capricham na construção de grandes histórias desde o começo.

A liga tem 32 franquias e obviamente é impossível montar uma rodada com 16 jogos interessantes. Mas ela sabe como chamar a atenção. Pinçou alguns duelos para gerar o burburinho desde já e, quando o campeonato enfim começar, o público já sabe para que partidas o país inteiro estará olhando.

A temporada começa em 8 de setembro, uma quinta, com o Denver Broncos em campo. É tradicional o atual campeão abrir o campeonato diante de sua torcida, e o adversário será o Carolina Panthers, justamente a equipe derrotada no último Super Bowl. É a revanche, é o reencontro de Cam Newton com Von Miller, é a expectativa de o detentor do título começar sua campanha com derrota (ninguém perde Peyton Manning sem ver sua condição de potência ser abalada) e já se sentir em um drama.

VEJA TAMBÉM: Por que gostamos tanto de Peyton Manning

No domingo, 11 de setembro, uma série de partidas sem grandes atrativos. Mas duas chamam a atenção: Dallas Cowboys x New York Giants e Arizona Cardinals x New England Patriots. A primeira não tem apelo tecnicamente especial, mas é uma rivalidade das mais tradicionais, reunindo duas das maiores torcidas da NFL. A segunda coloca frente a frente dois dos candidatos ao título de suas conferências e deve ser um grande jogo.

Para fechar, a rodada dupla da segunda. O Washington Redskins recebe o Pittsburgh Steelers, em duelo de duas equipes populares, tradicionais e com aspiração de playoffs. Por fim, a estreia perfeita para o Los Angeles Rams: jogar diante de sua torcida contra o San Francisco 49ers. Há uma boa chance de ser uma partida tecnicamente fraca, mas já alimenta a rivalidade entre duas franquias que convivem no mesmo estado e na mesma divisão.

Assim que se abre um campeonato. Algo que serve de lição até para a MLB, que tem o Opening Day mais tradicional dos EUA e já o desperdiçou com eventos insossos como Miami Marlins x St. Louis Cardinals e Houston Astros x Texas Rangers. Por esse tipo de coisa que a NFL não apenas domina, mas aproveita todas as oportunidades para jogar esse domínio na cara das demais ligas.

Se quiser ver a tabela completa, da primeira à 17ª rodadas, clique aqui.


  • DukeZib

    Correção: Na NFL, Pittsburgh é representada pelos Steelers.

    • http://www.trivela.com Ubiratan Leal

      Putz, saiu meio automático os Pirates. Já corrigi. Valeu!

      (obs.: não vai colar se eu disser que o primeiro nome dos Steelers era Pirates, né?)

  • Felipe Rosa Machado

    e o Jaguars já começa com uma pedreira,, começar o ano contra o Packers não vai ser facil!!!

  • Vitor Grando Eller

    Só uma correção, o jogo de abertura do Monday Night, SF49ers e Rams, será no Levi’s Stadium, e não em LA

  • Pachacutti

    Os caras sabem como fazer um evento, e, consequentemente, cativar o público.