O San Jose Sharks entrava toda temporada com um fardo nas costas. A franquia, fundada em 1991, quase sempre teve equipes competitivas – chegou aos playoffs em 18 das 26 temporadas que disputou e conquistou o título da divisão seis vezes -, mas nunca havia conquistado a Stanley Cup. Pios, nunca havia sequer conquistado a Conferência Oeste. Não à toa, ganhou fama de equipe que sempre amarela nos playoffs.

Mas isso acabou nesta quarta. Com uma contundente vitória por 5 a 2 sobre o St. Louis Blues, o time californiano levou o título do Oeste e chegou à decisão máxima do hóquei no gelo. Motivo de sobra para os jogadores comemorarem, exceto pelo fato de a NHL ser uma liga com dezenas de mandingas e tradições. Veja só como Joe Pavelski tratou o Campbell Bowl, troféu dado ao campeão do Oeste.

Exato, o capitão dos Sharks nem tocou na taça. Nem ele, nem nenhum jogador do time. Não é uma reação obrigatória, mas é uma tradição seguida por várias equipes: o único troféu que vale é a Copa Stanley, então não há motivo para celebrar a conquista de qualquer outra taça.

A torcida fica na expectativa. Até porque, com as dificuldades do Golden State Warriors em bater o Oklahoma City Thunder na final do Oeste da NBA, a Grande São Francisco pode deixar de conquistar um título que considerava barbada. Talvez o hóquei no gelo compense.


  • Glaudeston Dutra

    “… ser uma liga com dezenas de mandingas e tradições”. Mitando hein Bira, parabéns pela matéria!

  • Felipe Rosa Machado

    crosby pegou o da conferencia leste,, SHARKS CAMPEÃO!!! ahahhahaha :D