Denver lembra as pessoas do óbvio: dá para ganhar dos Clippers

02/jan/2013 | Ubiratan Leal

Griffin lamenta derrota dos Clippers

O Los Angeles Clippers tem uma equipe forte, favorita com sobras a uma vaga nos playoffs e candidata à final da Conferência Oeste. Tudo bem, mas não vai muito além disso. Poucos viam nos Veleiros um supertime, ou uma máquina de basquete. Por isso, era evidente que, em algum momento, um time lembraria que é possível vencê-los, e acabar com a série de vitórias que chegou a 17 na virada do ano.

Bem, esse time foi o Denver. Com um retrospecto de nove vitórias em dez jogos em seu ginásio, havia uma boa chance de os Nuggets azedarem o início de ano dos Clippers. Expectativa confirmada, com vitória convincente dos anfitriões por 92 a 78.

LEIA TAMBÉM:
Chicago Bulls dá uma ajudinha a Michael Jordan
Quem parou o Los Angeles Clippers em dezembro? Ninguém!
Que tal abrir 19 pontos no 3º quarto? Não, nem isso para os Clippers

O que impressionou no trabalho do Denver foi a capacidade de acionar vários jogadores, evitando a concentração de jogadas em um ou outro nome. Seis jogadores – Danilo Gallinari (com 17), Kenneth Faried (14), Andre Iguodala (12), Andre Miller (12), Javale McGee (11) e Corey Brewer (10) – anotaram pelo menos dez pontos. Miller (12 assistências) e Faried (11 rebotes) saíram com duplo-duplo.

Enquanto isso, os Clippers concentraram muito sua produção em Deandre Jordan, Blake Griffin e Chris Paul. A pontaria também estava descalibrada, com 17,2% de acerto dos três pontos e 44,8% nos lances livres. Pouco para superar o Denver no Pepsi Center e manter sua invencibilidade.

Desse modo, o Los Angeles encerrou sua série com 17 vitórias, a maior da vida da franquia. O time, que venceu todos seus 16 jogos em dezembro, se tornou o terceiro da história da NBA a terminar um mês com 100% de aproveitamento. Mas, agora, quem tem uma série para se orgulhar é o Denver Nuggets, que venceu os últimos oito jogos em casa.

Veja os resultados desta terça

Washington Wizards 94 x 103 Dallas Mavericks
New York Knicks 100 x 105 Portland Trail Blazers
Detroit Pistons 103 x 97 Sacramento Kings
New Orleans Hornets 86 x 95 Atlanta Hawks
Denver Nuggets 92 x 78 Los Angeles Clippers
Los Angeles Lakers 99x103 Philadelphia 76ers

Colunas




Especiais