Craig Smith estava com tudo na mão. O Nashville Predators empatava com o Montréal Canadiens e ele recebeu o disco de frente para o gol. Não tinha marcação, não tinha nem goleiro na sua frente. Era só empurrar o puck para o gol e comemorar a vitória na prorrogação.

Mas apareceu um obstáculo. O próprio Smith. Veja o vídeo abaixo com atenção, porque é difícil visualizar o que aconteceu. O taco seguiu seu movimento depois de acertar o disco. Com isso, ele ultrapassou o puck e acabou ficando no caminho, desviando a trajetória do arremate para a defesa do goleiro.

Bizarro.

Veja os resultados da NHL nesta segunda:

Boston Bruins 4×6 Columbus Blue Jackets
Washington Capitals 3×2 Arizona Coyotes
Montréal Canadiens 1×2 Nashville Predators (no shootout)
St. Louis Blues 3×6 San Jose Sharks