por Alessandro Junior

A organização dos Jogos Olímpicos de Tóquio planeja produzir as medalhas com metais recolhidos de smartphones e outros produtos eletrônicos descartados. A ideia é aproveitar o lixo eletrônico do país; só o ouro e a prata contidas nos dispositivos correspondem a 16% e 22% da oferta global dos materiais.

Segundo o jornal Nikkei Asian Review, os organizadores do evento, oficiais do governo e executivos conversam sobre o plano desde junho. Os planos incluem uma política mais ativa de reciclagem do lixo eletrônico. O Japão produz cerca de 650 mil toneladas desse tipo de lixo e apenas 100 mil toneladas são coletadas atualmente. Dessa quantia, parte é reaproveitada para a produção de novos celulares.

Veja a nota completa no Gizmodo